Browse By

CNJ dá 15 dias para juíza Ludmila Lins se explicar sobre vídeo ensinando “passo a passo como andar sem máscara” no Shopping

CNJ dá 15 dias para juíza Ludmila Lins se explicar sobre vídeo ensinando “passo a passo como andar sem máscara” no Shopping.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estabeleceu um prazo de 15 dias para que a juíza Ludmila Lins Grilo, da Comarca de Unaí, a 640 km de Belo Horizonte, se manifeste sobre uma publicação em suas redes sociais em que ela demonstra uma espécie de passo a passo para que as pessoas possam andar sem máscara em shoppings centers.

A magistrada também é investigada em outros processos, alguns deles também relacionados a postagens em redes sociais.

O vídeo viralizou no dia 4 de janeiro, quando a magistrada estava em um shopping de Niterói, no Rio de Janeiro.

Na ocasião, Ludmila Lins Grilo, da Vara Criminal da Infância e da Juventude de Unaí, em Minas Gerais, criou polêmica nesta segunda-feira, dia 04, ao gravar um vídeo ensinando a burlar o uso da máscara em um shopping. Ela tinha incentivado aglomerações na virada do ano com a hastag #AglomeraBrasil.

Ludmila Lins Grilo aparece na gravação dentro de um centro de compras, segurando um sorvete, enquanto explica como burlar a lei de proteção contra a covid-19.

Veja Abaixo o Vídeo Onde a juíza Ludmila Lins ensina “passo a passo como andar sem máscara” no Shopping

A localização da postagem está marcada na cidade de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. “Passo a passo para andar sem máscara no shopping de forma legítima, sem ser admoestado e ainda posar de bondoso”, escreveu a magistrada.

Dois dias antes do vídeo ser publicado no Twitter da juíza, o advogado José Belga Assis Trad, de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, escreveu um ofício para o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) pedindo que o órgão investigue a conduta da magistrada.

O pedido foi feito com base em outras publicações em que a magistrada, admiradora do escrito Olavo de Carvalho, guru do presidente Bolsonaro, ironiza as medidas de proteção contra o novo coronavírus.

CNJ dá 15 dias para juíza Ludmila Lins se explicar sobre vídeo ensinando “passo a passo como andar sem máscara” no Shopping

O caso foi levado ao CNJ pelo advogado José Belga Assis Trad. Além do vídeo postado pela magistrada, o reclamante ainda anexou outras postagens feitas por Ludmila Grilo. Em uma delas, há uma foto de uma praia com a hashtag #AglomeraBrasil.

Em outra, ao compartilhar uma imagem de pessoas aglomeradas em uma rua, ela escreveu: “Rua das Pedras, em Búzios/RJ, agora à noite. Uma cidade que resiste à estupidez”.

De acordo com Assis Trad a juíza defende “aberta e entusiasticamente, na sua conta do Twitter, que possui um número expressivo de seguidores (mais de 130 mil), a aglomeração de pessoas nas praias e festas do litoral brasileiro”.

Além do advogado, o conselheiro Marcos Vinícius Jardim Rodrigues também pediu a apuração de fatos relatados em um vídeo no Youtube, em que a juíza “faz graves afirmações contra o Conselho Nacional de Justiça, o Supremo Tribunal Federal e o próprio Poder Judiciário.”

O conselheiro ainda pediu uma medida cautelar in limine, para impedir que a magistrada dissemine em suas redes sociais, “atos e comportamentos manifestamente contrários às medidas de prevenção e combate à pandemia”.

Em suas redes sociais, a magistrada criticou o pedido, dizendo que o conselheiro estaria querendo “interditar o debate”.

Volte á Página Inicial do Site Notícias de Direita Urgente para ver as Notícias Mais Relevantes do Momento!

Mantenha-se Sempre Bem-Informado Sobre Tudo o que Acontece no Brasil e No Mundo! Acesse o Site Welesson Oliveira – Orgulhosamente de Direita

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…