Browse By

Mercado financeiro eleva projeção para PIB deste ano para 3,45%

Mercado financeiro eleva projeção para PIB deste ano para 3,45%.

Mercado financeiro eleva projeção para PIB deste ano para 3,45%
Os economistas do mercado financeiro alteraram levemente suas projeções para o PIB (Produto Interno Bruto) em 2021.

Conforme o Relatório de Mercado Focus, a expectativa para a economia passou de alta 3,41% para avanço de 3,45%. Há quatro semanas, a estimativa era de alta de 3,46%. Para 2022, o mercado financeiro manteve a previsão do PIB, de alta de 2,50%, como já estava quatro semanas atrás.

No Focus divulgado nesta segunda-feira (18), a projeção para a produção industrial de 2021 passou de alta de 4,78% para avanço de 5,00%. Há um mês, estava em alta de 5,00%.

No caso de 2022, a estimativa de crescimento da produção industrial passou de 2,45% para 2,40%, ante 2,43% de quatro semanas antes.

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2021 seguiu em 64,95%. Há um mês, estava em 67,00%. Para 2022, a expectativa foi de 66,80% para 66,60%, ante 69,30% de um mês atrás.

Inflação
A previsão do mercado financeiro para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – a inflação oficial do país) deste ano subiu de 3,34% para 3,43%. Para 2022, a estimativa de inflação foi mantida em 3,50%. As previsões para 2023 e 2024 são de 3,25% e 3,22%, respectivamente.

O cálculo para 2021 está abaixo do piso da meta de inflação que deve ser perseguida pelo Banco Central. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 3,75% para este ano, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é 2,25% e o superior, 5,25%.

Mercado financeiro eleva projeção para PIB deste ano para 3,45%

Selic
Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, estabelecida atualmente em 2% ao ano pelo Copom (Comitê de Política Monetária).

Para o mercado financeiro, a expectativa é que a Selic encerre 2021 em 3,25% ao ano. Para o fim de 2022, a expectativa é que a taxa básica chegue a 4,75% ao ano. E para o fim de 2023 e 2024, a previsão é 6% ao ano.

Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Entretanto, os bancos consideram outros fatores na hora de definir os juros cobrados dos consumidores, como risco de inadimplência, lucro e despesas administrativas.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Continue acompanhando aqui em nosso site, as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Volte á Página Inicial do Site Notícias de Direita Urgente para ver as Notícias Mais Relevantes do Momento!

Mantenha-se Sempre Bem-Informado Sobre Tudo o que Acontece no Brasil e No Mundo! Acesse o Site Welesson Oliveira – Orgulhosamente de Direita

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…