Browse By

Pensando nas eleições de 2022, Dilma recusa convite de Doria para ser vacinada

Pensando nas eleições de 2022, Dilma recusa convite de Doria para ser vacinada.

Buscando parcerias para a disputa presidencial de 2022, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tenta agora, aliança com o PT para formar chapa para tentar derrotar o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (Sem Partido), nas eleições de 2022.

Usando a vacina chinesa, Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, como palanque eleitoral, João Doria tenta a todo custo, vacinar toda a população a força, mesmo sabendo que não há comprovação da eficácia do imunizante.

A ex-presidente da República, Dilma Rousseff (PT), afirmou que Doria teria a convidado para se vacinar, antes mesmo dos grupos prioritários, que são os grupos de riscos, incluindo idosos e portadores de doenças crônicas.

Já pensando na possibilidade de disputar à presidência da República ano que vem, Dilma não quer sua imagem associada ao tucano João Doria, e a briga política em torno da vacinação contra a Covid-19.

No entanto, para evitar maiores especulações, Dilma recusou ser vacina e disse que os motivos para isso é que ela não pode furar a fila, como fez Doria.

“Ex-Presidenta diz que é inaceitável furar a fila da vacinação e que aguardará pacientemente a sua vez.” escreveu a petista no Twitter ao compartilhar nota se negando a furar fila, como propôs o governador de São Paulo.

Confira a nota de Dilma Na íntegra:

-Recebi o convite do governador de São Paulo para ser vacinada com a Coronavac no dia 25 de janeiro, em Porto Alegre. Agradeço, mas diante das circunstâncias tenho o dever de recusar a oferta, por razões éticas e de justiça. O Plano Nacional de Vacinação deve ser respeitado e, se é certo que a vacinação já começou, não há montante de vacinas disponível para que eu, agora, seja beneficiada.

Pensando nas eleições de 2022, Dilma recusa convite de Doria para ser vacinada

-É inaceitável “furar a fila”, que deve ser estritamente respeitada por todos os brasileiros. Neste momento, considero imprescindível que sejam atendidos, de acordo com o Plano, primeiramente os trabalhadores da área da saúde que estão na linha de frente da luta contra a Covid19, além dos idosos que vivem em asilos e o grupo de idosos brasileiros mais expostos ao risco de adoecer gravemente ou morrer. Aguardarei pacientemente a minha vez e quero adiantar que já estou com o braço estendido para receber a Coronavac.

Faço questão de prestar tributo à contribuição do SUS, do Butantan e da Fiocruz, que são tão importantes e estratégicos para a saúde pública no Brasil e para o desenvolvimento das vacinas. Denuncio todos aqueles que, ao longo dos últimos anos, tentaram destruí-los, seja por restrição de recursos orçamentários, seja por visão preconceituosa, como ficou claro na saída dos médicos cubanos, seja por defender propostas privatistas.

-Enalteço o trabalho dedicado dos epidemiologistas, biólogos, infectologistas, pesquisadores e servidores do sistema SUS, em especial da Fiocruz e do Butantan, cuja qualidade é reconhecida internacionalmente. Estendo estas homenagens e agradecimentos a todos os que se dedicam a combater esta pandemia que, por desleixo e desumanidade do governo federal, já roubou a vida de mais de 210 mil pessoas e está matando brasileiros até mesmo por falta de oxigênio.

-Por fim, reconheço e saúdo a solidariedade e a atitude humanitária do governo chinês, que proporcionou a parceria entre o Estado São Paulo/Butantan e o laboratório Sinovac para a importação e a fabricação das vacinas em nosso país. É uma vitória da cooperação entre os povos e da ciência e uma derrota do negacionismo.

Volte á Página Inicial do Site Notícias de Direita Urgente para ver as Notícias Mais Relevantes do Momento!

Mantenha-se Sempre Bem-Informado Sobre Tudo o que Acontece no Brasil e No Mundo! Acesse o Site Welesson Oliveira – Orgulhosamente de Direita

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…